MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Modelo bajeense Darline Campos se prepara para carreira de atriz

Em 12/01/2021 às 00:00h
Jaqueline Muza

por Jaqueline Muza

Modelo bajeense Darline Campos se prepara para carreira de atriz | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Arquivo Pessoal

Após 11 anos no mercado da moda, a bajeense Darline Campos, 31 anos, começa uma nova fase em sua carreira. Ela está se preparando para a atuação em filmes, séries e novelas, além da publicidade. Darline integra campanhas publicitárias, na área de cosméticos. Seu último trabalho foi estampado na capa da tintura de cabelos Maxton. A bajeense também trilha os primeiros passosa na atuação. 

Darline saiu de Bagé aos 20 anos e foi contratada pela agência Le Equipe. À época, iniciou como modelo fashion e as exigências pelo corpo magro eram muito rigorosas. Ainda jovem, passou por vário percalços e chegou a desistir da carreira, entre 2012 e 2015. Mas o amor pela moda a levou de volta para São Paulo, e, hoje, consegue se manter na carreira, ainda cheia de sonhos.

A modelo é neta de Mario Ney Campos (Caco), que morreu em 2016, e, através do bloco carnavalesco Bom Cabrito Não Berra, fundado pelo avô, chegou a ser Rainha Infantil do Carnaval de Bagé. Através da dança moderna, incentivada pela mãe, Dirce Mara, e pelo tio, Mauro, já falecido, Darline foi descoberta por um produtor.

A modelo tem 1.75 metro de altura e reconhece que sua beleza abriu muitas portas. Ela comenta, porém, que nunca sonhou ser modelo, mas conquistou espaço no disputado mercado da moda porque contou com apoio de muitas pessoas. “Sozinhos não chegamos a lugar algum. Sempre tive pessoas importantes me apoiando, sempre tive uma fé inabalável”, relata.

Segundo Darline, é preciso ter muito equilíbrio emocional e mental para trabalhar nesta área. A bajeense relata que seu primeiro trabalho foi no Moda Bagé. Depois disso, já atuou em vários eventos importantes, como o Fashion Week, Fashion Rio e fez uma temporada modelando em Buenos Aires, na Argentina. “Agora, nesta nova fase, fiz uma participação nas duas temporadas da série da Netflix 'Coisa Mais Linda', e estou gravando outra série”, pontua.

Durante a pandemia, a modelo passou um tempo em Bagé, e levou duas primas gêmeas para São Paulo. Ela disse que as jovens de 20 anos têm grandes chances no mercado da moda. A bajeense já passou por várias agências e agora atua na Mega Models, de São Paulo, e Super Agency, de Porto Alegre, onde fez peça publicitária para a marca Arezzo. “Consegui chegar até aqui com muito orgulho e ainda tenho muitos sonhos para conquistar”, destaca.

Darline faz aula de dança e, quanto tem tempo, musculação. Ela procura ter uma alimentação balanceada, com pouco carboidrato, e bebe muita água. A modelo afirma que, hoje, silenciar e meditar faz uma grande diferença na sua vida. “A Monja Coen alimenta a minha fé, e a ativista negra Djamila Ribeiro nunca me deixa esquecer de onde vim, dos nossos grandes embates”, destaca.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99107-9279

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online