MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Fogo Cruzado

Mais de 100 leis municipais entraram em vigor no ano passado

Em 12/01/2021 às 00:00h

por Redação JM

Mais de 100 leis municipais entraram em vigor no ano passado | Fogo Cruzado | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Com a aprovação da Câmara, 109 legislações foram criadas em 2020 / Foto: Tiago Rolim de Moura

Com a aprovação dos vereadores, 109 leis entraram em vigor, em Bagé, no ano passado. Entre as novas legislação está a redação que institui o Fundo Municipal Especial para Aquisição de Vacinas ao Enfrentamento da Dovid-19 e o texto que cria o Conselho Municipal de Trabalho, Emprego e Renda.

Algumas legislações ainda demandam regulamentação. É o caso da lei que proíbe abandonar veículo ou estacioná-lo em situação que caracterize seu abandono em via pública, autorizando o município a recolhê-lo e aplicar as sanções cabíveis.

A lei que que fixa as alíquotas de participação dos servidores (ativos, inativos e pensionistas) para o Fundo de Pensão e Aposentadoria do Servidor de Bagé (Funpas) está em vigor desde o final do ano passado. Pela nova redação, a alíquota de contribuição previdenciária dos servidores de todos os poderes e órgãos do município, incluindo o Departamento de Água, Arroios e Esgoto de Bagé (Daeb), foi fixada em 14%, para manter o equilíbrio definido pelo cálculo atuarial de 2020.

A alíquota de contribuição para aposentados e pensionistas, novidade na legislação, incidirá sobre o valor dos proventos de aposentadorias e pensões que superem o salário-mínimo na mesma proporção da alíquota fixada para os servidores ativos.

As novas contribuições só poderão ser exigidas depois de decorridos 90 dias da data da publicação da lei, prazo que encerra no final de março. Para os professores, será aplicada a contribuição de 16,14% incidente sobre a base de cálculo de ativos, inativos e pensionistas, sendo destinado do total da contribuição 2% como taxa de administração.

Galeria de Imagens
Leia também em Fogo Cruzado
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99107-9279

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online