MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Sociedade Uruguaia de Bagé será tema de documentário

Em 09/01/2021 às 01:00h

por Redação JM

Sociedade Uruguaia de Bagé será tema de documentário | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Filme contará com imagens de arquivos de atividades culturais / Foto: Divulgação

A Sociedade Uruguaia de Socorros Mútuos de Bagé será o eixo central do documentário "La Sociedad", que deve começar suas gravações a partir deste sábado, 9, na Rainha da Fronteira.
Dirigido pela bajeense Adriana Gonçalves Ferreira, o filme contará com entrevistas de personagens que circulam pelo lugar e imagens de arquivo das ações culturais e encontros festivos que aconteceram na Sociedade Uruguaia, fundada em 25 de agosto de 1928.

A ideia, de acordo com a diretora, é mostrar a atmosfera que existe na Sociedade Uruguaia como um espaço que representa simbolicamente os uruguaios da cidade, mas que é também um espaço de integração entre pessoas que nasceram nos dois lados da fronteira.

O documentário faz parte do projeto Fronteiriz@s, o qual será responsável pela produção, edição e publicação de um longa-metragem, composto de cinco curtas-metragens que abordam singularidades culturais de cinco localidades da fronteira Brasil e Uruguai.

Além do documentário dirigido por Adriana, em Bagé, o projeto também contará com curtas dirigidos por Felipe Yurgel, em Santa Vitória do Palmar, Chuí e Chuy; Fabi Ud, em Santana do Livramento e Rivera; Luiz Alberto Cassol, em Jaguarão-Río Branco; e Alexandre Mattos, em Pelotas.

Os curtas, com duração entre 15 e 20 minutos, serão reunidos em formato padrão, com vinhetas comuns e legendagem, para serem publicados em um site do projeto e também em diferentes redes e plataformas digitais.

O projeto Fronteiriz@s tem como proponente a Sociedade Independente Cultural (SIC), de Jaguarão, e conta com apoio do Ponto de Cultura Pampa Sem Fronteiras, responsável pelo empreendimento colaborativo e criativo “Sem Fronteiras”, que une colaboradores do audiovisual e da comunicação, em Bagé.

A produção executiva da iniciativa ficará a cargo de Ricardo Marques Almeida, um dos coordenadores do movimento Fronteras Culturales, que promove ações de integração cultural nas regiões de fronteira e nas capitais, desde 2010.

A iniciativa é realizada com recursos da Lei Aldir Blanc, no Edital da Secretaria Estadual de Cultura do Rio Grande do Sul, voltado para Produções Culturais e Artísticas, Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura.

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 99107-9279

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online