MENU

Identifique-se!

Se já é assinante informe seus dados de acesso abaixo para usufruir de seu plano de assinatura. Utilize o link "Lembrar Senha" caso tenha esquecido sua senha de acesso. Lembrar sua senha
Área do Assinante | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler

Ainda não assina o
Minuano On-line?

Diversos planos que se encaixam nas suas necessidades e possibilidades.
Clique abaixo, conheça nossos planos e aproveite as vantagens de ler o Minuano em qualquer lugar que você esteja, na cidade, no campo, na praia ou no exterior.
CONHEÇA OS PLANOS

Cidade

Daeb não projeta implantação do sistema de racionamento

Em 19/11/2020 às 01:16h

por Melissa Louçan

Daeb não projeta implantação do sistema de racionamento | Cidade | Jornal Minuano | O jornal que Bagé gosta de ler
Foto: Deividi Leonel

Com a chegada das altas temperaturas, os bajeenses já costumam se preocupar com possível escassez de água e consequente racionamento. O verão ainda não iniciou, mas a realidade já é de precaução e observação do uso racional de água na Rainha da Fronteira, que não registra chuvas acima das médias históricas há quase cinco meses.

Através das informações atualizadas, repassadas pela assessoria de comunicação do Departamento de Água, Arroios e Esgotos de Bagé (Daeb), o índice de precipitação está, desde julho, abaixo do nível ideal para manter a tranquilidade do sistema de abastecimento da cidade.

Junho foi o último mês de registro com médias altas de precipitação, com 178 milímetros. Já em julho, a média caiu para 65.5mm. Entre agosto e outubro, os índices tornaram a aumentar, mas mantendo a média inferior a 90mm - outubro, o último mês com precipitações registradas chegou a 84.8mm. Em novembro, até o momento, não foi registrada nenhuma chuva na cidade.

Enquanto isto, os níveis das barragens começaram a baixar. A Emergencial ainda está cheia, mas a barragem do Piraí já registra um déficit de 90 centímetros e a Sanga Rasa está com 1,05 metro abaixo do nível normal.

Por enquanto, conforme adianta o Departamento, através de assessoria, não há previsão de implantação de racionamento. Contudo, a autarquia segue "monitorando os níveis das barragens, a incidência  de chuvas e o consumo. Entra, agora, uma época que já temos que iniciar a alertar sobre o desperdício, devido ao aumento de temperaturas".
 

Galeria de Imagens
Leia também em Cidade
PLANTÃO 24 HORAS

(53) 9 99719480

plantao@jornalminuano.online
SETOR COMERCIAL

(53) 3242.7693

comercial@jornalminuano.online
CENTRAL DO ASSINANTE

(53) 3241.6377

central@jornalminuano.online